O Natal de Poirot #5

P_20180526_160511_1_1.jpgAutor: Agatha Christie
Editora: L&PM
Ano: 2016
Páginas: 237

Você está querendo me dizer que este é um daqueles malditos casos que se lê em histórias de detetive, em que um homem é morto em um aposento trancado de alguma maneira aparentemente sobrenatural?

Hércule Poirot é chamado para ajudar na solução de um caso clássico: um velho milionário chama todos de sua família para passar o natal em família, mas na véspera do natal, após o jantar, um grito se torna o prelúdio para o crime.

Simeon Lee é um velho aventureiro que rodou o mundo atrás de ouro e diamantes. Deixou na Inglaterra sua esposa e seus cincos filhos e se instalou na África do Sul. Voltou de lá com muito dinheiro e muitos diamantes. Mas perdeu o contato familiar e transformou a vida da esposa e dos filhos em um verdadeiro inferno. Depois de tantos abusos, a esposa de Alfred morreu e os filhos se afastaram. Sozinho em sua mansão, vivendo apenas com criados e com a família do filho mais velho que insistiu em manter a residência, o velho Simeon Lee resolveu passar o natal em família, mas não sabia (ou sabia?) que esse seria o seu último natal.

E agora, famílias que passaram o ano inteiro separadas reúnem-se uma vez mais. Sob tais condições, meu amigo, você tem de admitir que haja uma tensão considerável. Pessoas que não se sentem amigáveis aplicam grande pressão sobre si mesmas para parecerem amigáveis! Na época do natal há muita hipocrisia, uma hipocrisia honrada, uma hipocrisia praticada pour le bon motif, c’est entendu, mas mesmo assim hipocrisia!

Alfred Lee é o filho mais velho do Sr. Lee. Casado com Lydia ele vive sob o mesmo teto que o pai. É Alfred que cuida dos negócios da família, mas mantém a mesma subserviência ao pai, que tanto incomoda Lydia. George é o filho que se tornou político, mas que ainda sobrevive às custas da mesada do pai. É casado com Hilda, uma mulher que vive fazendo contas para o marido pagar.

David é casado com Magdalene e vive sem nenhuma ajuda do pai. Ganha a vida como artista e vive sob a sombra da morte da mãe, tantas vezes humilhada pelo pai. David nutre um verdadeiro ódio pelo pai, mas a sua presença é forçada por Magdalene. Harry é o filho mais novo e tem o espírito aventureiro de Simeon. Harry trouxe muita vergonha para a família anos antes com um escândalo de assinaturas falsas. Ele vivia solicitando dinheiro do pai para sair de inúmeros problemas que arrumava ao redor do mundo.

E tinha ainda Pilar, a única neta de Simeon, filha de Jennifer, a única filha mulher do Sr. Lee. Após a morte dos pais, no ano anterior, Pilar decidiu sair da Espanha e conhecer o restante de sua família. Além dos filhos e neta, Simeon Lee ainda recebe uma visita inesperada: Stephen Farr, filho de seu sócio na África do Sul Ebenezer Farr, que aparece para conhecer o velho Sr. Lee e acaba sendo convidado para passar o natal na mansão.

Todos nós vamos morrer! Não é? Se vier ligeiro do céu, de uma hora para outra, bum, é o mesmo que morrer de qualquer outra maneira. Vive-se por algum tempo, sim, e depois se morre. É o que acontece neste mundo.

Após o assassinato de Simeon Lee, o chefe de polícia Johnson e o detetive Sugden são chamados para solucionar o caso, e como Hercule Poirot estava na cidade, ele também foi chamado para ajudar no caso.

O impressionante na história é que todos os personagens tinham motivo para matar Simeon Lee, seja por vingança, por dinheiro ou por herança. E Poirot vai construindo uma teia de intrigas e motivações entre os membros da família Lee que aparentemente não chegará a lugar nenhum. Porém, ao analisar detidamente o caráter do falecido Simeon, Poirot descobre que o passado dele pode trazer luz para o seu assassinato. E o desfecho é surpreendente. Poirot mostra como as nossas características genéticas podem ajudar a solucionar um crime. Fantástico.

Houve uma pausa momentânea. De maneira bastante estranha, toda a indignação e todo o rancor haviam desaparecido. Hercule Poirot mantinha seu público sob o encanto da sua personalidade. Eles o observavam, fascinados, quando começou a falar devagar.

Na imagem destacada o quadro Preparing for Christmas do pintor William Bromley.

Comprar:

Amazon

Até a próxima!

Anúncios

6 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s