Os Dançarinos #26

P_20181227_075441_1.jpgEditora: Martin Claret
Ano: 2011
Páginas: 30

“Veja, caro Watson, não é difícil construir uma série de deduções em que cada uma decorre da anterior e é simples em si mesma. Se, depois de fazer isso, descartarmos as deduções intermediárias e apresentarmos à plateia o ponto de partida e a conclusão, conseguiremos produzir um efeito surpreendente, embora às vezes falso.”

Nesta caso, novamente, o mistério toma conta da ação. Um enigma chegou à mansão do Sr. Hilton Cubitt. Uma mensagem onde várias figuras de dançarinos se alinhavam. Sem remetente ou qualquer assinatura. Quando Holmes e Watson chegam à mansão, descobrem que o Sr. Hilton era casado com Elsie Patrick, uma jovem americana, que colocou apenas uma condição para seu casamento:

Nunca farei nenhuma alusão ao meu passado, porque é muito doloroso. Se me aceitar, Hilton, vai casar-se com uma mulher que não tem nada de que se envergonhar, mas deverá contentar-se com a minha palavra e me permitir que permaneça em silêncio sobre tudo o que sucedeu até o momento em que o conheci.

Mas as mensagens não paravam de chegar, cada dia uma nova linha de dançarinos era colocada nas portas e janelas da mansão. Elsie havia se tornado misteriosa e reclusa, e Hilton cada vez mais violento com o mistério das mensagens. Mas em uma bela manhã, Holmes recebe a mensagem de que Hilton e Elsie foram alvejados dentro de casa. Ele estava morto, mas ainda restava uma centelha de vida em Elsie. Holmes então se apressa para resolver o caso.

Os fatos demonstraram que ele tinha razão. Ainda agora, quando chego à triste conclusão de uma história que no início me pareceu uma travessura infantil, volto a experimentar a angústia e o horror que senti então.

Holmes envia uma mensagem com dançarinos para Abe Slaney da granja vizinha, e o aguardo para elucidar a história. Abe Slaney era um americano que anos antes havia sido prometido em casamento para Elsie Patrick. Como ela havia fugido do casamento, sua reputação ficou insustentável e ele teve que fugir da vergonha. Agora queria vingança e encontrou o paradeiro de Elsie, mandou mensagens codificadas em dançarinos, onde cada desenho representava uma letra. Elsie também conhecia o código pois ambos eram da mesma cidade. Abe conseguiu sua vingança, à custa de sua própria liberdade.

Na imagem destacada o quadro Message from the Sea, de Sir John Everett Millais.

Esse conto faz parte da coletânea A Volta de Sherlock Holmes, que você pode adquirir na Amazon.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s