O Último Adeus #30

P_20181227_175809_MT_1.jpgEditora: Martin Claret
Ano: 2012
Páginas: 19

“Meu bom e velho Watson! Você é o único ponto invariável numa época de transformação. Mas, ainda assim, aproxima-se um vento do leste. Tal vento como jamais soprou na Inglaterra. Será gelado e intenso, meu caro amigo, e muitos de nós talvez nos extingamos antes de começar a impetuosa rajada.”

Esse é oficialmente o último conto de Sherlock Holmes, na ordem cronológica do personagem. Conan Doyle publicou outras histórias após 1914, mas todas fazendo referências a anos anteriores à Primeira Guerra. Com a aproximação da Grande Guerra, Conan Doyle escreveu um desfecho à altura de seu personagem. Como o grande detetive não teria participação em um evento tão importante e histórico?

Holmes estava oficialmente aposentado, segundo todas as informações ele levava uma vida de eremita em meio a suas abelhas e seus livros numa pequena fazenda nas colinas de South Downs. Mas ao reaparecer na mansão de um espião alemão, toda a história se encaixa.

Um homem notável, esse Von Bork – um homem que dificilmente podíamos identificar entre todos os dedicados agentes do Kaiser.

Von Bork, um espião alemão infiltrado na Inglaterra esperava em sua mansão os últimos papéis da construção dos submarinos ingleses, que seriam entregues pelo seu leal ajudante, um irlandês que vivia nos Estados Unidos, chamado Altamont. Quando Altamont chega à mansão, ele entabula uma conversa com Von Bork informando-o que o cerco está se fechando e que talvez ele logo seja descoberto. Durante a conversa Von Bork acaba revelando o segredo do cofre onde guarda todas as informações que conseguiu dos ingleses. Mas algo acontece e quando ele acorda descobre que Altamont era Sherlock Holmes.

Se eu lhe disser que comecei minha peregrinação em Chicago, diplomei-me em uma sociedade secreta irlandesa em Buffalo, causei sérios problemas para o Real Regimento paramilitar irlandês em Skibbereen, e por isso acabei chamando a atenção de um agente subordinado de Von Bork, que me recomendou como um homem capaz, você compreenderá como era complexa a questão.

Holmes e Watson conseguem recuperar os documentos ultra-secretos que estavam em poder de Von Bork, além de levá-lo para as autoridades o prenderem. Além disso, Holmes definitivamente após desse caso está aposentado. A violência da Grande Guerra em nada combina com o requinte e o refinamento de suas ações e de seus métodos. Ficamos órfãos de um dos maiores personagens de todos os tempos. Sua obra, certamente, ficará para a eternidade.

Na imagem destacada o quadro The Death of the Spy, Morris, de Camille-Joseph-Étienne Roqueplan – 1827

Esse conto faz parte da coletânea O Último Adeus de Sherlock Holmes, que você pode adquirir na Amazon.

Até a próxima!

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s