Filmes de Guerra, Canções de Amor #16

Hacksaw Ridge

Resultado de imagem para Até o último homem

Título em português: Até o último homem
Ano: 2016
Direção: Mel Gibson
Elenco: Andrew Garfield, Sam Worthington, Luke Bracey, Teresa Palmer, Ryan Corr
Duração: 139min

Baseado no documentário The Conscientious Objector de 2004, o filme é ambientado na Segunda Guerra Mundial e foca nas experiências de Desmond Doss, um médico de combate americano pacifista que, como cristão da Igreja Adventista do Sétimo Dia, se recusou a portar ou usar uma arma de fogo de qualquer espécie. Doss se tornou o primeiro objetor de consciência (pessoas que seguem  princípios  religiosos,  morais ou  éticos de sua consciência, princípios estes que são incompatíveis com o serviço militar, ou as Forças Armadas como uma organização combatente) a receber a Medalha de Honra pelo seu empenho durante a Batalha de Okinawa.

O filme recebeu seis indicações ao Oscar durante a 89ª cerimônia nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator e melhor edição de som e venceu nas categorias de melhor mixagem de som e melhor edição.

Um filme de guerra pesado, com muitas cenas fortes e combates cruéis, mas com uma mensagem muito importante: siga seus princípios, por mais que eles pareçam estranhos ou desconectados do ambiente, pois são os seus princípios, religiosos, morais, sociais, etc., que no final acabam se tornando o único elo com a sua essência, com o seu verdadeiro eu. Esse é um filme muito bom, pois é incrível a forma como Doss enfrentou uma organização, como o Exército Americano, pelo seus princípios. Acompanhe o trailer:

Richard Wagner – Tannhäuser Overture

Tannhäuser und der Sängerkrieg aus Wartburg (Tannhäuser e o torneio de trovadores de Wartburg, em alemão) é uma ópera em três atos com a  música de Richard  Wagner que nos fala da redenção pelo amor.

Tal como em Der fliegende Holländer, o sacrifício feminino espia os pecados masculinos. O Dilema ainda atual, entre o amor profano, carnal e o amor casto associado ao casamento, é uma questão central. Na abertura do Tannhäuser, Wagner conta toda a ópera, apresentando os seus vários motivos musicais, numa cadência cinematográfica de banda sonora colossal. A ação decorre ao pé de Wartburg, terra de grandes cavaleiros trovadores, onde se realizavam pacíficos concursos de canto, no século XIII.

Reza a lenda que ao pé de Wartburg existia o monte de Vénus onde a bela deusa atraía e mantinha cativos no puro deleite, os cavaleiros trovadores. Tannhäuser caiu na quentes garras de Vénus. A ópera começa num grande bacanal. Tannhäuser saciado, quer voltar a casa, respirar ar puro, ouvir os sinos da igreja. Canta à deusa para o deixar partir. Vénus insiste para ele permanecer com ela, usando todos os seus encantos, mas Tannhäuser evoca a virgem Maria e por artes mágicas todo o monte de Vénus se desvanece e Tannhäuser encontra-se aos pés de uma cruz, no vale de Wartburg. Nisto, surgem da caça vários cavaleiros trovadores, os seus amigos de longa data que o reconhecem e o convencem a voltar a Wartburg. Wolfram explica-lhe que a bela Elisabeth, a sobrinha do Conde de Thüringen, que Tannhäuser amara outrora, desde a sua partida, ficou tomada de uma grande tristeza.

Esse é o enredo do que acontece ao som dessa maravilhosa música:

Na imagem destacada o quadro Allegory of War, de Jan Brueghel the Younger – 1645.

Até a próxima!

Anúncios

2 comentários

  1. Faz algum tempo que não assisto um filme de guerra, até leio livros, não que eu prefira o tópico guerra, mas as sinopses em duas épocas me aproximam das leituras, já os filmes são variados, vão do momento, do que estiver passando na hora, na televisão a cabo, ou de algum filme que eu espero há um tempo, enquanto cinema faz uns bons anos que não vou.
    O dia que retornar a um, dá post. kkkk
    Grande abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s