Filmes de Guerra, Canções de Amor #25

Trotsky

Resultado de imagem para trotski serie

Título em português: Trotsky
Ano: 2017
Diretor: Alexander Kott; Konstantin Statsky
Elenco: Konstantin Khabensky; Olga Sutulova; Aleksandra Mareeva

Trotsky é uma série biográfica russa do revolucionário mundialmente famoso Leon Trotsky. A série conta com oito episódios e mostra Trotsky no seu exílio no México na década de 1940 revisitando seu pensamento revolucionário e sua participação ativa na Revolução Russa de 1918. Apesar de ser uma grande produção, tanto em ambientação quanto em vestuário e maquiagem, a série levanta uma série de questionamentos. É uma série que tem preocupação com a verdade dos fatos? A forma de contar o que se passou condiz com a história verdadeira? É uma produção que agrada aos que conhecem a história? São muitas perguntas, que felizmente ficam sem resposta.

Digo felizmente porque eu já havia lido algum material a respeito de Trotsky antes de assistir a série, e depois de assisti-lá fiquei convencido de que preciso ler mais sobre Trotsky se quisesse chegar a uma conclusão própria. Sugiro a você que, antes ou depois, leia mais não só sobre Trotsky, mas sobre toda a Revolução Russa. É um material de grande conhecimento que no mínimo levará você a ter a sua própria opinião sobre o assunto. Comece assistindo o trailer:

Pyotr Ilyich Tchaikovsky – Hymn of the Cherubim

Hymn of the Cherubim é parte da composição coral de Pyotr Ilyich Tchaikovsky denominada The Liturgy of St. John Chrysostom, que consiste em cenários de textos retirados da Divina Liturgia de São João Crisóstomo, o mais célebre dos serviços eucarísticos da Igreja Ortodoxa Oriental. O cenário de Tchaikovsky constitui o primeiro ciclo musical unificado da liturgia.

O hino incorpora simbolicamente os presentes na liturgia na presença dos anjos reunidos em torno do trono de Deus. Diz respeito ao próprio coração da Divina Liturgia – a Anáfora, a parte mais antiga que pode ser rastreada até São Basílio e à redação de João Crisóstomo do texto litúrgico de Basílio.

Me trouxe o sentimento de pertencimento a uma força cósmica, enquanto universo, muito maior do que a nossa capacidade mental é capaz de sequer supor. Uma força natural, contudo ainda mais poderosa que a própria natureza. Uma força capaz de moldar a realidade à sua própria vontade, que talvez nos permite ter um pequeno vislumbre de seu poder em uma noite estrelada, diante do vazio repleto do poder do universo.

Na imagem destacada o quadro Self-Portrait Dedicated to Leon Trotsky, de Frida Kahlo. Frida Kahlo é uma das personalidades que aparecem na série Trotsky, e que, da mesma forma como no personagem principal, pode suscitar gostos e desgostos.

Até a próxima!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s