Creedence Clearwater Revival #1

Após Pink Floyd e Queen, vamos atravessar o Atlântico e rumar para o oeste norte-americano, mais especificamente a Califórnia, e revisitar os discos da banda de roots-rock Creedence Clearwater Revival.

Creedence Clearwater Revival ainda é moderno | Regis Tadeu

Em setembro de 1959, John Fogerty (vocalista e guitarrista), Doug Clifford (bateria) e Stu Cook (baixo), ainda adolescentes, formam o The Blue Velvets. Dois meses mais tarde, Tom Fogerty (guitarrista), irmão mais velho de John, entra no grupo como cantor, mudando o nome da banda para Tommy Fogerty and The Blue Velvets. O nome do grupo muda para The Golliwogs em 1964, após assinarem contrato com a gravadora Fantasy Records. Adotaram o nome Creedence Clearwater Revival em 1967, com o qual lançaram as primeiras gravações em 1968. O nome surgiu pela junção do nome de um amigo de Tom Fogerty, “Credence Newball”, com ‘Clearwater’ tirado de um comercial de TV da Olympia Beer e Revival, simbolizando a reunião entre os membros após o retorno de John Fogerty e Doug Clifford que então cumpriam convocação para o serviço militar. Ao nome de Credence, adicionaram um outro “e” para lembrar creed (crença, credo).

creedence clearwater revival | Creedence clearwater revival

O grupo californiano reativou um novo estilo musical que poucos executavam na época, um tipo de rock misturado ao soul, ao folk e ao country, o chamado swamp pop, e levou as letras com consciência social para a vertente sulista do rock americano, mais acostumada às batidas country com mensagens menos profundas e politizadas, e resgatou as raízes do rock dos anos 50, servindo como contraponto de sonoridade crua à era dominada pelos hippies, som psicodélico e progressivo. As letras das músicas, recheadas de engajamento social, conquistaram um público fiel. 

Creedence Clearwater Revival's Forgotten Woodstock Performance

O Creedence Clearwater Revival se manteve na ativa por apenas 5 anos e lançou apenas 7 discos de estúdio, mas esse tempo foi suficiente para torná-lo uma das bandas mais importantes do rock.

Então, não deixe de acompanhar nos próximos posts um pouco mais da história dessa histórica banda.

Até a próxima!

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s